Domingo, 22 de Novembro de 2009
Esclarecer os duvidosos ...


Respondendo a M. Matos, só gostaria de esclarecer o seguinte:


Nunca, mas mesmo nunca passou pela cabeça da direcção do CCR Infias afastar o treinador da equipa Óscar Pacheco, antes pelo contrario sempre foram feitos todos os esforços para que ele se mantivesse no comando da equipa. Se ele hoje não é treinador do CCR Infias é por vontade própria, pois por diversas vezes foi colocando a hipótese de abandonar, e sempre lhe foi pedido para reconsiderar essa decisão.

 

O que se passou é que na derrota com a Valinha ele voltou a manifestar interesse em abandonar e mostrou-se intransigente quando mais uma vez lhe foi pedido para voltar atrás com essa decisão. Daí a direcção ter de procurar alternativa para o comando da equipa. Nunca ninguém lhe atribui culpa dos resultados negativos - Ele facilmente o pode comprovar!


A direcção entendeu por bem, propor ao treinador adjunto, que tem nome - Ricardo Silva, para que ele ficasse com o cargo, mas aquando desse convite o Óscar estava presente, daí ser completamente disparatado dizer-se que as coisas foram feitas nas costas dele. Como é lógico ele necessitava de um adjunto e convidou um elemento do plantel para o ajudar, tendo Rui Castro aceitado o desafio.

 

 

Quanto ao trabalho que o Óscar desenvolveu e continua a desenvolver pelo centro, sempre foi reconhecido, eu próprio tive oportunidade de lhe agradecer através de uma crónica colocada no nosso site. Nessa crónica eu agradecia não só a nível pessoal, mas também em nome de toda a colectividade (dirigentes, associados e atletas), se a ler com atenção facilmente consegue interpretar isso.

 

 

Por tudo isto acho muito injusto o seu comentário, pois se ele se dedicou muito a este centro, outras pessoas também o fazem, daí não ter nexo nenhum dizer que ele foi abandonado, é totalmente falsa tal afirmação! ele sempre teve apoio de toda a gente. Para finalizar, as pessoas que pertencem a esta colectividade não conhecem o termo "punhos cerrados", pois por estes lados sempre recebemos e cumprimentamos as pessoas de braços abertos, como também o próprio Óscar o pode comprovar pois já passou por cá alguns anos.

Filipe Sousa

publicado por . às 16:06
link do post | favorito
.Blog Popular